top of page

Transformando desafios em oportunidades: O processo de seleção de soluções com Design Thinking

Sempre nos deparamos com desafios ao longo da jornada digital, seja algo simples e executável, ou uma solução que precisa ser implementada do zero ou em um produto já existente. No caso desta última situação, que requer uma nova abordagem, você já se perguntou como é definido o processo do projeto? É exatamente isso que vamos abordar neste artigo.

Desde o primeiro contato com o cliente na parte comercial até a entrega da solução, há um processo que orienta todas as etapas de criação do projeto: o Design Thinking.

O Design Thinking é uma abordagem de resolução de problemas que se concentra nas necessidades e desejos dos usuários finais. É um processo iterativo - elaboração, refinamento e melhoria - e colaborativo que envolve a observação e empatia com os usuários, a definição do problema, a geração de ideias, a prototipagem e o teste.



Design thinking


Vamos explorar cada uma dessas etapas com mais detalhes:

Empatia: Essa etapa envolve uma compreensão profunda e empática das necessidades, desejos e comportamentos dos usuários ou clientes para quem o produto ou serviço está sendo projetado. Durante essa fase, os designers se esforçam para entender as perspectivas e experiências dos usuários por meio de pesquisas de campo, entrevistas, observação e outros métodos de coleta de dados.

Definição: Nesta fase, utilizamos os insights e informações coletados anteriormente para definir o problema de forma clara e concisa. A fase de definição é essencial para o sucesso do processo de Design Thinking, pois estabelece uma base sólida para o desenvolvimento de soluções criativas e eficazes que atendam às necessidades reais dos usuários e clientes.

Ideação: Durante essa etapa, os designers trabalham em equipe para gerar uma ampla variedade de ideias criativas e soluções possíveis para o problema definido anteriormente. Uma vez que as ideias foram geradas, os designers trabalham para selecionar as melhores e mais promissoras soluções, refinando e combinando as ideias para criar conceitos mais viáveis e eficazes.

Prototipação: Nesta fase, são construídos protótipos das soluções concebidas anteriormente. O objetivo da prototipação é testar e validar as soluções antes de investir tempo e recursos em sua implementação. Os designers podem criar protótipos em papel, wireframes ou modelos de baixa e média fidelidade para obter feedback dos usuários e iterar as soluções com base nesse feedback.

Validação: Nesta fase, as soluções refinadas são validadas. O objetivo da validação é obter feedback dos usuários para entender como as soluções funcionam na prática e identificar problemas ou desafios que possam ter sido perdidos nas fases anteriores do processo.

Esses cinco processos geram uma solução que será implementada nas sprints de Delivery e Discovery. Todo o processo é focado tanto nos usuários quanto no cliente, gerando assim um equilíbrio entre o que é desejado e o que é necessário.

É importante destacar que soluções não surgem da noite para o dia. Por isso, é fundamental respeitar os processos para propor a melhor solução para cada demanda.

É importante frisar que o Design Thinking não é linear porque é um processo iterativo e flexível, que envolve várias fases e pode voltar atrás em etapas anteriores. Diferente de um processo linear, onde as etapas são seguidas rigidamente em uma sequência fixa, o Design Thinking permite que os designers voltem, avancem ou pulem entre as fases conforme necessário, de acordo com os desafios e descobertas ao longo do caminho.

As etapas típicas do design thinking, como empatia, definição do problema, ideação, prototipagem e teste, são abordadas de forma não linear, permitindo que novas informações e insights sejam incorporados a qualquer momento. Essa abordagem flexível e interativa é essencial para estimular a criatividade, a inovação e a descoberta de soluções verdadeiramente eficazes.

O design thinking oferece uma estrutura sólida para orientar o desenvolvimento de produtos e serviços que atendam verdadeiramente às necessidades dos usuários. Ao aplicar essa abordagem em seus projetos, você estará preparado para enfrentar desafios de forma mais eficiente e inovadora no mundo digital.

13 visualizações

コメント


bottom of page